751 – NFC-e com valor total superior ao permitido para destinatário não identificado (Nome)

751 – NFC-e com valor total superior ao permitido para destinatário não identificado (Nome)

A rejeição 751 se refere à ausência do nome do consumidor na nota fiscal eletrônica quando o valor da mesma ultrapassa a margem de R$ 10.000,00

Talvez você tenha interesse em ler:

Se liga! Obrigatoriedade NFC-e para empresas do DF

Super Fiscal – Como se inscrever para utilização da API para emissão de nota fiscal eletrônica.

 

Conheça a API para emissão de nota fiscal eletrônica: www.superfiscal.com.br

Boleto vencido acima de R$ 2 mil poderá ser pago em qualquer banco a partir deste sábado dia 24/02/2018

Boleto vencido acima de R$ 2 mil poderá ser pago em qualquer banco a partir deste sábado dia 24/02/2018.

A partir do próximo sábado dia 24 de fevereiro de 2018, boletos vencidos acima de 2 mil reais poderão serem pagos em qualquer banco. Esta mudança é parte de um processo gradual da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), que prevê que todos os boletos sejam registrados em uma nova plataforma de cobrança até setembro.

Talvez você queira dar uma lida em:

 

Conheça a nossa plataforma de cobrança Pagamento Ágil!

 

Como testar a senha do certificado digital?

Como testar a senha do certificado digital?

Este artigo é destinado aos usuários iniciantes que desejam testarem  a senha do  certificado digital…

Abaixo informamos um passo a passo bem simples de como fazer este procedimento.

Passo 1 – Localize o arquivo do certificado .PFX

como-instalar-certificado.png

Passo 2 – Clique com o botão direito do mouse em cima de Instalar PFX (imagem acima) .

como-instalar-certificado2.png

Passo 3 – Selecione Usuário Atual e clique em avançar.

Passo 4 – Clique avançar novamente e note que o mesmo irá pedir a senha do certificado, caso a senha esteja correta você conseguira fazer a instalação do mesmo.

Artigos relacionados:

Entenda o que é um arquivo .PFX

Está procurando uma API para emitir nota fiscal eletrônica? www.superfiscal.com.br

 

 

Adeus ao boleto sem registro! Sua empresa está preparada?

Adeus ao boleto sem registro! Sua empresa está preparada?

Segundo a Febraban o prazo para a conclusão do cronograma de implantação da nova plataforma de cobrança e a extinção do boleto sem registro ocorrerá no dia 22/09/2018.

Atenção ao novo cronograma de implantação do Boleto Registrado em todos os bancos brasileiros, estes prazos substitui os anteriormente estabelecidos em 2017.

  • Até 24 de março de 2018 : boletos no valor de R$ 800,00 devem serem REGISTRADOS obrigatoriamente.
  • Até 26 de maio de 2018 : boletos no valor de R$ 400,00 ou superior devem serem REGISTRADOS obrigatoriamente.
  • Até 21 de julho de 2018 : boletos no valor de R$ 0,01 ou superior devem serem REGISTRADOS obrigatoriamente.
  • Até 22 de setembro de 2018 : o restante, como boletos de cartão de crédito, de doações, entre outros, devem serem REGISTRADOS obrigatoriamente.

Como implementar o Boleto Registrado na sua empresa?

A AnimalCode oferece uma plataforma de cobrança completa para emissão de boletos e acompanhamento da gestão de cobranças recorrentes. Saiba mais acessando o site do Pagamento Ágil

 

 

 

Como instalar a impressora de DANFE da Bematch no Vetnnet

Como instalar a impressora de DANFE da Bematch no Vetnnet

Este artigo destina-se aos usuários do Vetnnet que necessitam instalar no Windows o driver de spooler para impressão das impressoras não fiscais MP-4000 TH, MP-4200 TH, MP-2500 TH e MP-100S da marca Bematech.

O Vetnnet é um sistema para clínicas veterinárias e lojas de pet-shops.

Para instalar a impressora não fiscal da Bematech para impressão do DANFE, basta seguir os procedimentos abaixo.

PASSO 1 – Faça o Download em seguida, instale os drivers para o spooler do Windows da sua impressora fiscal, segue um link com os mesmos: https://www.loja.animalcode.com.br/forum/tecnologia-veterinaria/download-dos-drivers-das-impressoras-da-bematech

IMPORTANTE: Escolha o driver correto para o seu Windows 32 / 64 bits.

PASSO 2 – Após a instalação do driver , acesse o módulo de Venda (automação comercial),

vetnnet-como-configurar-impressora-danfe.png

PASSO 3 – Conforme imagem acima, selecione Administração > Config. Impressora Fiscal.

vetnnet-como-configurar-impressora-danfe2.png

PASSO 4 – Neste caso nós não temos ela listada , contudo no seu sistema deverá aparecer o modelo e marca da mesma, selecione-a e informe no fabricante NFe. Reinicie o módulo de automação após a configuração.

Após configurar, acreditamos que o DANFE será impresso normalmente após o fechamento da comanda.

Deseja um programa para sua clínica veterinária? www.vetnnet.com.br

Conheça a nossa loja, somos revenda autorizada das impressoras da marca Bematech.

 

 

ATENÇÃO! Fique atento a obrigatoriedade do campo NCM

Este artigo é destinado a empresas de TI ou desenvolvedores de software que pretendem utilizarem a API do Super Fiscal para emissão de nota fiscal eletrônica.

Utilize nossa API para emitir notas fiscais pelo seu software. Compatível com Notas Fiscais (NFe), serviço (NFSe) e ao consumidor (NFCe), para todos os estados brasileiros, mais informações comerciais sobre o nosso produto em: www.superfiscal.com.br

Integração para qualquer linguagem de programação.


ATENÇÃO! Fique atento a obrigatoriedade do campo NCM devidamente preenchido para a emissão da nota fiscal eletrônica

Nós já sabemos que o Conselho Nacional de Política Fazendária (CONFAZ) estipulou a obrigatoriedade para todos os contribuintes emitentes de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), modelo 55, ou de Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e), modelo 65, de realizar destaque completo (8 dígitos) da Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM), nos respectivos campos da NF-e emitidas a partir de 01-07-2014 e, da NFC-e emitidas a partir de 01-01-2015.

Conforme exposto acima, não recomendamos o uso dos dígitos “00” no campo NCM de produtos regidos pelo ICMS. Em breve esta prática poderá trazer prejuízos em relação à autorização das notas fiscais eletrônicas.

Talvez você tenha interesse em dar uma lida nos artigos:

Rejeição 778: Informado NCM inexistente

Download das Tabelas de NCM

Está interessado em emitir nota fiscal eletrônica? www.superfiscal.com.br

 

462 – Rejeicao: Codigo identificador do CSC no QR-Code nao cadastrado na SEFAZ

462 – Rejeicao: Codigo identificador do CSC no QR-Code nao cadastrado na SEFAZ

Esta Rejeição (462): “Código Identificador do CSC no QR-Code não cadastrado na SEFAZ”, ocorre em virtude do cadastramento errado do CSC TOKEN da empresa no Super Fiscal, o CSC deve estar cadastrado ou devidamente credenciado no ambiente (produção / homologação) junto a SEFAZ.

Se você configurar a empresa no Super Fiscal para utilizar o ambiente de produção da SEFAZ, neste caso, o CSC TOKEN necessita ser informado e estar credenciado junto a este órgão.

Por exemplo, se enviar uma nota para PRODUÇÃO da SEFAZ com o CSC TOKEN equivalente ao ambiente de homologação da mesma, neste caso, provavelmente a rejeição irá ocorrer.

Talvez você tenha interesse em dar uma lida nestes artigos:

Como saber se o serviço da Sefaz está funcionando?

Super Fiscal – Como cadastrar uma empresa e configurar para emitir a nota fiscal eletrônica Parte I.

Está interessado em emitir nota fiscal eletrônica: www.superfiscal.com.br

 

 

Ajude o seu cliente a não esquecer de vacinar o seu animal

Este artigo é destinado aos usuários do Vetnnet.

O Vetnnet é um sistema para clínica veterinária e lojas de pet-shop!


Ajude o seu cliente a não esquecer de vacinar o seu animal

Ajude o seu cliente a não esquecer de vacinar o seu animal, para isto, utilize a carteira digital de vacinação no software Vetnnet.

Ao utilizar o controle de retornos do Vetnnet, você ajuda o seu cliente e ainda contribui com a nossa comunidade, garantindo assim a saúde de todos.

Talvez você se interesse em ler:

 

Ajude ao seu cliente a não errar o dia da vacina do seu animal.
Ajude ao seu cliente a não errar o dia da vacina do seu animal.

 

Tem interesse em um sistema para automatizar a sua clínica veterinária? www.vetnnet.com.br

 

Como fazer o ajuste de estoque no Vetnnet

Este artigo é destinado aos usuários do sistema para clínicas veterinárias Vetnnet

Como fazer o ajuste de estoque no Vetnnet

Ajuste de estoque é uma funcionalidade simples e útil para o seu dia a dia. Pode ser usada para dar entrada ou saída de produtos, com justificativa simples.

Nota: Esta funcionalidade é acessível somente para contas administradoras.

Motivações para utilizar a função ajuste de estoque:

  • perdas, desaparecimento, perecimento, roubo, furto ou deterioração
  • mercadoria fora do prazo de validade(mercadoria vencida)
  • sinistro, incineração ou descarte
  • sobras de mercadorias ou bens
  • ajustes em decorrência do inventário …

Vamos a prática!

Para ajustar o seu estoque, existem DUAS formas, vamos mostrar primeiramente a forma mais complexa.

Lembrando que no ajuste de estoque é necessário se atentar ao marcar SAÍDA ou ENTRADA de produto.

1. Na tela principal do Vetnnet, acesse a opção: Estoque > Ajuste de estoque;

ajuste_de_estoque_1_vetnnet.png

 

2. Informe o código do produto, a justificativa (motivo) e a quantidade.

ajuste_de_estoque_2_vetnnet.png

Note que na forma acima, você deverá saber o código do produto para proceder com a operação, este código do produto é gerado quando você cadastra um produto no software.

Clique em “Confirmar” após preencher adequadamente os campos.

Após este processo o estoque será atualizado.

A outra forma é mais simples, e o resultado é o mesmo.

Pesquise o produto na tela principal do Vetnnet, em seguida clique com o botão direito do mouse sobre o item de produto, conforme mostrado na imagem abaixo:

ajuste_de_estoque_3_vetnnet.png

O restante é similar ao apresentado na primeira forma. O resultado será o mesmo.

Está interessado em maximizar as receitas da sua clínica veterinária? Acesse www.vetnnet.com.br

 

Se liga! Obrigatoriedade NFC-e para empresas do DF

Se liga! Obrigatoriedade NFC-e para empresas do DF

As empresas de Brasília – DF são obrigadas a emitirem a  Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e), também conhecida como a Nota Fiscal Eletrônica modelo 65.

O DANFE da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e) possui uma característica interessante, nele existe um QR Code, um código com duas dimensões (bidimensional) que quando escaneado com a câmera do celular ou tablet, por exemplo,o consumidor poderá visualizar a nota fiscal eletrônica pelo sistema da SEF/DF. Isso via navegador de internet.

mode-de-impressao-nfc-e1

Abaixo algumas vantagens da NFC-e?

  • Dispensa de homologação do software pelo fisco;
  • Uso de Impressora não fiscal, térmica ou a laser;
  • Simplificação de obrigações acessórias (dispensa de impressão de Redução Z e Leitura X, Mapa Resumo, lacres, revalidação, comunicação de ocorrências, cessação etc).
  • Dispensa da figura do interventor técnico
  • Possibilidade de uso de qualquer papel para impressão, desde que garanta a legibilidade das informações impressas, especialmente o QR-Code.
  • Transmissão em tempo real ou on-line da NFC-e
  • Não há necessidade de autorização prévia do equipamento a ser utilizado
  • Possibilidade de Uso de novas tecnologias de mobilidade;
  • Flexibilidade de expansão de PDV
  • Redução do custo envolvidos na emissão do documento

3. Quais são os requisitos necessários para a emissão da NFC-e?

  • A Inscrição no GDF deve estar ativa e regular;
  • Desenvolver ou adquirir um software/Aplicativo emissor de NFC-e que faça a transmissão via internet do arquivo XML para a Secretaria de Fazenda;
  • Possuir internet disponível no local;
  • Possuir ou adquirir um certificado digital da empresa, padrão ICP-Brasil. O certificado deve ser o da própria empresa (matriz ou filial), não sendo aceito certificado de procurador;
  • Possuir uma impressora não fiscal;
  • Fazer o credenciamento no site da SEF (http://dec.fazenda.df.gov.br , opção Credenciamento)
  • 4. Em quais tipos de operações a NFC-e pode ser utilizada?

Para qual  empresas comerciais se destina a NFC-e?

Somente nas operações internas, comerciais, de venda presencial a consumidor final (varejo), quando as mercadorias forem retiradas do estabelecimento, no ato da venda, pelo comprador, ou ainda, na venda para entrega em domicílio (apenas no caso de delivery) a consumidor final. Para as demais operações, o contribuinte deverá utilizar a nota fiscal eletrônica modelo 55 (NF-e).
Para empresas prestadoras de serviço: para serviços prestados cujo os tomadores de serviços são pessoas físicas.

 

Emita nota fiscal eletrônica através da nossa API: www.superfiscal.com.br

Artigos relacionados:

Guia do desenvolvedor – Como utilizar a API para emitir a nota fiscal eletrônica – Parte I

Como a Nota Fiscal Eletrônica afetará empresas e contadores